François Weigel e a heterogeneidade na literatura brasileira
em 29/12/2015

Professor, pesquisador e tradutor, o francês François Weigel estudou literatura francesa, trabalhou com a literatura espanhola e somente depois conheceu a literatura brasileira. É mestre em literatura pela UFRJ e doutorando na Université Blaise Pascal | Clermont-Ferrand (França), onde desenvolve projeto sobre algumas representações literárias das grandes cidades brasileiras no romance contemporâneo.


No vídeo, Weigel fala sobre seu campo de atuação, o trabalho com a heterogeneidade na literatura brasileira e seu estudo, que incorpora diferentes autores para trabalhar cada região do Brasil. Comenta as dificuldades da tradução da literatura brasileira para o francês; por exemplo, como traduzir a palavra “saudade”?


O depoimento foi gravado durante o encontro Conexões – Literatura Brasileira no Exterior: Mercado, Ensino e Mídia, na sede do Itaú Cultural, em São Paulo, em novembro de 2014.


Assista outros vídeos do Conexões Itaú Cultural.


Leia mais sobre o mapeamento e os mapeados na seção Banco de Dados Online.

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.