As dificuldades para a internacionalização da literatura brasileira
em 08/11/2017

A partir do novo Banco de Dados On-Line do Conexões Itaú Cultural, o jornalista e antropólogo Felipe Lindoso produziu um ensaio no qual analisa questões estruturais e derivadas de políticas públicas (ou da ausência delas) para que o processo de internacionalização da literatura brasileira se dê de forma satisfatória.

 

Leia a análise no site do Itaú Cultural.

 

Consultor do Conexões Itaú Cultural desde o seu início, em 2007, Lindoso é também tradutor e editor, autor de O Brasil Pode Ser um País de Leitores? Política para a Cultura, Política para o Livro (2004).

 

Felipe Lindoso, consultor do Conexões Itaú Cultural

Mais artigos:
Por um novo brasilianista, por João Cezar de Castro Rocha
Quem menciona quem? Uma pequena análise dos autores mais citados no banco de dados do Conexões, por Rita Palmeira
Conexões Itaú Cultural – a primeira década, por Fernanda Guimarães


Confira também o evento internacional que celebrou os dez anos do mapeamento da literatura brasileira no exterior, o programa Conexões Itaú Cultural.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.