As dificuldades para a internacionalização da literatura brasileira
em 08/11/2017

A partir do novo Banco de Dados On-Line do Conexões Itaú Cultural, o jornalista e antropólogo Felipe Lindoso produziu um ensaio no qual analisa questões estruturais e derivadas de políticas públicas (ou da ausência delas) para que o processo de internacionalização da literatura brasileira se dê de forma satisfatória.

 

Leia a análise no site do Itaú Cultural.

 

Consultor do Conexões Itaú Cultural desde o seu início, em 2007, Lindoso é também tradutor e editor, autor de O Brasil Pode Ser um País de Leitores? Política para a Cultura, Política para o Livro (2004).

 

 

Felipe Lindoso, consultor do Conexões Itaú Cultural

Mais artigos:
– Por um novo brasilianista, por João Cezar de Castro Rocha
– Quem menciona quem? Uma pequena análise dos autores mais citados no banco de dados do Conexões, por Rita Palmeira
– Conexões Itaú Cultural – a primeira década, por Fernanda Guimarães

Confira também o evento internacional que celebrou os dez anos do mapeamento da literatura brasileira no exterior, o programa Conexões Itaú Cultural.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.