Conexões Itaú Cultural publica textos de pioneiro dos estudos latino-americanos nos EUA
em 25/07/2011

Percy Alvin Martin (1879-1942) foi um dos criadores dos estudos latino-americanos nos Estados Unidos. Iniciou sua carreira como especialista em história europeia, posteriormente, consagrou-se aos estudos hispano-americanos, e, por fim, incorporou os estudos brasileiros nas suas pesquisas. Trata-se de percurso que mais tarde seria seguido por famosos “brasilianistas” nas décadas de 1960 e 1970, isto é, a incorporação progressiva dos estudos brasileiros.

Percy Alvin Martin foi o responsável pela presença de destacados intelectuais brasileiros na vida acadêmica norte-americana. Por exemplo, graças a ele, Oliveira Lima e Gilberto Freyre ministraram cursos na Universidade de Stanford. Aliás, Freyre cita Alvin Martin em Casa-grande & senzala.

Os 3 textos selecionados para a “Biblioteca Conexões” nem sempre se relacionam diretamente com literatura; afinal, Alvin Martin destacou-se como historiador. Contudo, os textos esboçam uma arqueologia de criação da disciplina de estudos latino-americanos, esclarecendo a motivação política da iniciativa.

Apresentamos uma resenha sobre duas biografias escritas por Gustavo Barroso, à época Diretor do Museu Histórico (leia aqui). A breve nota acerca da criação do “Instituto Brasil-Estados Unidos” (IBEU) tem o mérito de explicitar o interesse político subjacente à criação de áreas de estudos consagradas à América Latina (leia aqui). Nesse sentido, é revelador o pioneiro ensaio sobre “A influência dos Estados Unidos na abertura da Amazônia para o comércio mundial”, publicado em 1918 na The Hispanic American Historical Review (leia aqui).

Apresentação de João Cezar de Castro Rocha

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.