O direito à beleza: professora tcheca analisa a obra do crítico literário Antonio Candido
em 09/08/2018

Convidada do Colóquio Internacional Antonio Candido, programação do Itaú Cultural que abriu a Ocupação Antonio Candido, evento que homenageou o crítico brasileiro, Šárka Grauová é pesquisadora, docente e chefe do Departamento de Estudos Luso-Brasileiros do Instituto de Estudos Românicos da Faculdade de Letras da Universidade Carolina, em Praga, e presidente da Sociedade Tcheca de Língua Portuguesa. Também tradutora de diversos autores da literatura brasileira, como Machado de Assis, Mário de Andrade, Lima Barreto e Chico Buarque e dirige a coleção Biblioteca Luso-Brasileira nas editoras Torst e Triáda.

 

Um trecho da fala da professora no colóquio pode ser ouvido neste post. Já no site do Itaú Cultural pode ser lido o texto produzido por ela, que norteou sua participação, cujo título é: O direito à beleza (apontamentos de uma aluna anônima).

 

Neste 2018, quando completaria 100 anos, o crítico literário, sociólogo e professor Antonio Candido é o homenageado da 40ª edição do programa Ocupação, com curadoria do Itaú Cultural e de Laura Escorel, neta do intelectual.

 

Confira também trecho em áudio da fala do professor uruguaio Pablo Rocca no mesmo evento.

 

Leia o verbete sobre Antonio Candido na Enciclopédia Itaú Cultural.

 

Visite o hotsite da Ocupação Antonio Candido.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.