Dossiê Literatura e Ditadura
em 19/05/2014

O número 43 da revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea já está disponível, com um dossiê sobre Literatura e Ditadura.

O sumário e os links para os textos encontram-se a seguir:

n. 43 (2014)

Literatura e ditadura

Sumário

Apresentação

Roberto Vecchi, Regina Dalcastagnè

Seção temática

Imagens precárias: inscrições tênues de violência ditatorial no Brasil
Márcio Seligmann-Silva
Que bom te ver viva: vozes femininas reivindicando uma outra história
Kátia da Costa Bezerra
Revisões da masculinidade sob ditadura: Gabeira, Caio e Noll
Idelber Avelar
Memórias manchadas e ruínas memoriais em A mancha e “O condomínio”, de Luis Fernando Veríssimo
Leila Lehnen
Na sala de edição: “Mãe judia, 1964”, de Moacyr Scliar
Nicola Gavioli
Ditadura militar e literatura “parajornalística”: desconstruindo relações
Sabrina Schneider
O passado subtraído da desaparição forçada: Araguaia como palimpsesto
Roberto Vecchi
Relíquias da casa velha: literatura e ditadura militar, 50 anos depois
Tânia Pellegrini
(Des)memória e catástrofe: considerações sobre a literatura pós-golpe de 1964
Ettore Finazzi-Agrò

Outros

Os males do Brasil são: a doença como elemento distintivo da condição de ser brasileiro
Ermelinda Maria Araújo Ferreira
O Japão na literatura brasileira atual
Marcel Vejmelka
Back to the roots? – Namíbia, Não!, de Aldri Anunciação
Henry Thorau
O baú da República: mobilidades e memórias em Leite derramado
Tatiana Sena
A impossibilidade de se dizer o indizível: reflexões sobre o duplo na novela “O unicórnio”, de Hilda Hilst
Willian André
O sujeito-escritor e as transformações no campo literário: o caso Cristovão Tezza
Igor Ximenes Graciano

Resenhas

Mino Carta – O Brasil
Rosana Corrêa Lobo
Luis Alberto Brandão – Teorias do espaço literário
Gabriel Estides Delgado

 

Todas as edições da revista podem ser encontradas emhttp://periodicos.bce.unb.br/index.php/estudos/issue/archive

A editora da revista, Regina Dalcastagnè, já esteve presente no Jogo de Ideias de 2006. Confira sua fala sobre literatura contemporânea. Ela retornou em 2011 participando da mesa “Como Nasce uma Obra Quanto ao Gênero?”

 

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.