Depoimento: Claufe Rodrigues
em 25/11/2011

Neste depoimento, o escritor Claufe Rodrigues fala sobre a descoberta da escrita e da música durante a infância no Rio de Janeiro. A poesia, ele afirma, lhe capturou muito cedo, por ser uma linguagem que diz o que quer com poucas palavras, e por meio da qual parecia possível dizer tudo. O autor ainda fala sobre as suas primeiras influências, como a poesia marginal e as obras de Oswald de Andrade e Torquato Neto, e sobre como, em dado momento, percebe não possuir as vivências necessárias para escrever aquilo que gostaria. É então que entra em contato com autores como Jorge de Lima e Fernando Pessoa, a partir dos quais sua obra ganha outra dinâmica. Rodrigues define, por fim, a inspiração como a motivação fundamental da escrita, e comenta a sua relação indisciplinada com a prosa, em contraponto à relação intuitiva que estabelece com a poesia.

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.