Depoimento: Michel Laub
em 30/12/2011

Neste depoimento, o escritor gaúcho Michel Laub fala acerca de sua infância atípica, para um escritor, cercada pelos esportes. Comenta ainda o fato de, como ficcionista, preferir partir de situações vividas, e não puramente imaginativas. Também fala sobre a recorrência do tema da memória em sua obra, identificada pela crítica e por leitores, sobre as relações entre pensamento e literatura, e sobre a relação de sua obra com a contemporaneidade. Sobre a tarefa do escritor, Laub arremata: “a preocupação do escritor é escrever uma boa frase”.

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.