Beatriz Bracher e o livro brasileiro no exterior
em 31/12/2015

Escritora e roteirista, Beatriz Bracher se dedica exclusivamente à escrita desde 2000. No depoimento, ela fala da sua rotina e disciplina, da diferença entre o conto e o romance e também da produção e recepção desses dois formatos diferentes.


Autora do romance Antônio (entre outros) destaca o trabalho e a importância das editoras e dos agentes literários e fala da tradução e edição de sua obra para o exterior. Comenta ainda a existência da bolsa de tradução da Biblioteca Nacional, a percepção dos estrangeiros sobre a literatura brasileira e o Brasil, o mapeamento feito pelo Conexões.


Depoimento gravado durante o encontro Conexões – Literatura Brasileira no Exterior: Mercado, Ensino e Mídia, na sede do Itaú Cultural, em São Paulo, em novembro de 2014.


Assista outros vídeos do Conexões Itaú Cultural.


Leia mais sobre o mapeamento e os mapeados no Banco de Dados Online.

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.