guyglodis learningwarereviews humanscaleseating Cheap NFL Jerseys Cheap Jerseys Wholesale NFL Jerseys arizonacardinalsjerseyspop cheapjerseysbands.com cheapjerseyslan.com cheapjerseysband.com cheapjerseysgest.com cheapjerseysgests.com cheapnfljerseysbands.com cheapnfljerseyslan.com cheapnfljerseysband.com cheapnfljerseysgest.com cheapnfljerseysgests.com wholesalenfljerseysbands.com wholesalenfljerseyslan.com wholesalenfljerseysband.com wholesalenfljerseysgest.com wholesalenfljerseysgests.com wholesalejerseysbands.com wholesalejerseyslan.com wholesalejerseysband.com wholesalejerseysgest.com wholesalejerseysgests.com atlantafalconsjerseyspop baltimoreravensjerseyspop buffalobillsjerseyspop carolinapanthersjerseyspop chicagobearsjerseyspop cincinnatibengalsjerseyspop clevelandbrownsjerseyspop dallascowboysjerseyspop denverbroncosjerseyspop detroitlionsjerseyspop greenbaypackersjerseyspop houstontexansjerseyspop indianapoliscoltsjerseyspop jacksonvillejaguarsjerseyspop kansascitychiefsjerseyspop miamidolphinsjerseyspop minnesotavikingsjerseyspop newenglandpatriotsjerseyspop neworleanssaintsjerseyspop newyorkgiantsjerseyspop newyorkjetsjerseyspop oaklandraidersjerseyspop philadelphiaeaglesjerseyspop pittsburghsteelersjerseyspop sandiegochargersjerseyspop sanfrancisco49ersjerseyspop seattleseahawksjerseyspop losangelesramsjerseyspop tampabaybuccaneersjerseyspop tennesseetitansjerseyspop washingtonredskinsjerseyspop
Inventividade formal e liberdade criativa com a linguagem: características da literatura brasileira contemporânea
em 10/05/2010

Rita Olivieri Godet é professora da Université Rennes 2, na França. Mapeada pelo Conexões, Rita destaca a inventividade em termos formais da literatura brasileira contemporânea como um dos traços de originalidade diante das demais literaturas.
“Temos uma sensibilidade original que nos faz descobrir o mundo por outros ângulos, e o fato de estar ancorada numa cultura heterogênea, assim como a pluralidade de temas e formas de interpretá-los nos dá uma relação de liberdade criativa com a linguagem que só excepcionalmente encontramos em escritores de outros países.”

Rita Godet é professora titular de Literatura brasileira na universidade francesa e trabalha atualmente com as relações literárias interamericanas, particularmente a representação dos povos indígenas. Nessa perspectiva de pesquisa tem estudados autores como Nestor Ponce, Leopoldo Brizuela, Juan José Saer, Robert Lalonde, Gerard Bouchard e os brasileiros Milton Hatoum, Antonio Torres, Murilo Carvalho, Darcy Ribeiro, Joaõ Ubaldo Ribeiro e Antonio Callado.

Observando o panorama da difusão da língua e da literatura brasileira a partir de sua posição na universidade francesa, Rita assinala que “a França perdeu o interesse em diversificar o ensino das línguas estrangeiras além do inglês e do espanhol. Este fato conjugado com o investimento zero do governo brasileiro na divulgação de sua cultura é catastrófico. O português é considerado “língua rara”, o que é um absurdo, mas mostra também que não há nenhuma campanha de divulgação no sentido contrário. Convencer do contrário exige realmente uma política cultural dinâmica que mostre inclusive as conexões com o potencial do espaço econômico que o Brasil e a África lusófona também representam. Naturalmente os franceses se sentem atraídos pelo Brasil, o governo francês tem interesses econômicos, o que falta é uma política cultural para divulgar a cultura brasileira no exterior.”

Como grande parte dos “mapeados” europeus, Rita Godet observa de perto a atividade do governo português na difusão do idioma e da sua literatura. “Portugal tem Instituições como o Instituto Camões ou a Fundação Calouste Gulbenkian que promovem a literatura e a cultura portuguesa no exterior , inclusive na França. Um país do porte do Brasil não oferece nada. Quem trabalha com cultura e literatura brasileiras na França e no exterior encontra-se completamente isolado. Quando temos a sorte de integrarmos uma instituição universitária é preciso brigar por espaço, disputar as possibilidades de publicação, num meio que desconhece a importância da produção literária brasileira. O objetivo é divulgar, fazer conhecer, convidar escritores, etc, mas para isso não dispomos de NENHUM AUXILIO do governo brasileiro.”

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.