Nélida Piñon Abre Guadalajara como Herdeira de Mitos
em 02/12/2014

A Feira Internacional do Livro de Guadalajara, uma das maiores da América Latina, começou esse domingo com encontro entre a imortal brasileira Nélida Piñon e o escritor Sérgio Ramírez, da Nicarágua.

Ambos já consolidam tradições em seus países e idiomas e conversaram juntos sobre mito e literatura. Em sua visão histórica da escrita, Nélida reflete que “o mundo urbano atual não é um grande criador de mitos. O grande criador de mitos é o mundo rural. Agora com a progressão do urbano, os mitos desaparecem. Creio que chegará um tempo em que se criará um mito e se evaporará em pouco tempo.”

Veja como foi a conversa no jornal mexicano La Jornada.

Acompanhe a Feira do Livro de Guadalajara. A Argentina é o país homenageado deste ano.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.