A Primeira Aula. O Ensino de Literatura Brasileira no Exterior.
em 07/11/2014

A Primeira Aula – Trânsitos da Literatura Brasileira no Estrangeiro é um livro original, que trata da experiência de brasileiros e estrangeiros que trabalham com literatura brasileira mundo afora. Com lançamento no dia 21 de novembro, às 19h, no Itaú Cultural, o  livro com 18 ensaios e organizado pelo professor de Princeton, Pedro Meira Monteiro, é uma espécie de resposta a perguntas até certo ponto simples. O que um professor – brasileiro ou não – pensa e faz quando se vê pela primeira vez à frente de um grupo de estudantes “estrangeiros” para falar de literatura brasileira? Com base nela, naturalmente, outras questões apareceram. Quem é esse professor? Como ele planejou sua primeira aula? Quais são os desafios de abordar a produção literária de um país que não é o daqueles  estudantes – e em uma língua que, na maioria das vezes, lhes é estranha?

A Primeira Aula será lançado com um debate entre os professores Charles Perrone (Universidade da Flórida), Marília Librandi-Rocha (Universidade de Stanford), Pedro Meira Monteiro (Universidade de Princeton) e Roberto Vecchi (Universidade de Bolonha). O lançamento do livro faz parte da programação da Semana Literária de São Paulo, que conta com as parcerias da Balada Literária, Cooperifa e Casa das Rosas, além do Itaú Cultural, que apresenta a edição de décimo aniversário do Encontros de Interrogação e a VI edição do Conexões Itaú Cultural. O livro é uma coedição Itaú Cultural e editora Hedra e também poderá ser acessado pela internet, em edições em inglês, espanhol e português.

Além dos debatedores, o livro conta com textos de Marília Librandi-Rocha, José Luiz Passos, Lilia Moritz Schwarcz, John Gledson, José Miguel Wisnik, Gustavo Sorá, entre outros.

Assista ao debate A Primeira Aula, realizado em 2012, durante o encontro Conexões Itaú Cultural, em 2012. Com José Luiz Passos (Universidade da Califórnia), Pedro Meira Monteiro (Universidade Princeton) e Peter Werner Schulze (Universidade de Mainz). Mediação: Claudiney Ferreira.

 

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.