Conexões Itaú Cultural na FLIP
em 08/07/2011

O programa Conexões Itaú Cultural – Mapeamento Internacional da Literatura Brasileira, apresentado por Claudiney Ferreira, gerente de Diálogos do instituto, abriu o debate Escrito em Português. Lido no Mundo. O evento reuniu escritores, tradutores, agentes literários, editores e acadêmicos na Casa da Cultura de Paraty. Integrando a programação paralela dentro da FLIP, a mesa promovida pela Brazilian Publishers, em parceria da Câmara Brasileira do Livro e APEX-Brasil, celebrou, ainda, o anúncio, por Galeno Amorim, presidente da Fundação Biblioteca Nacional, de um programa de apoio à tradução que disporá R$ 2,7 milhões até 2020.

Segundo Ferreira, um dos pontos principais assinalados pelos mapeados no Conexões para incrementar a presença da literatura brasileira no exterior é justamente a necessidade da criação de mecanismos que apóiem a tradução, além de cátedras de língua portuguesa em universidades do exterior. Entre os 200 mapeados até agora nesse programa iniciado em 2008, 112 são de universidade estrangeiras de 35 países.

O evento contou com personalidades como o antropólogo argentino Gustavo Sorá, da Universidade Nacional de Córdoba, a brasileira Lúcia Riff, que dá nome à mais importante agência literária do Brasil, a alemã Nicole Witt, representante da Literary Agency Mertin, e o norte-americano Jonah Straus, diretor da Straus Literary.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.