Iniciados os Trabalhos do Conexões 2014
em 20/11/2014

Começou hoje a sexta edição do Conexões. Foram duas mesas nessa manhã: A Tarefa do Tradutor e, em seguida, a Tarefa do Editor.

Ambas tiveram mediação de nosso consultor Felipe Lindoso e se encadearam na questão mais essencial da difusão da literatura brasileira no exterior: a busca por leitores. Na primeira mesa falaram Julia Tomasini, tradutora do português para o espanhol (argentino), François Weigel, que verte do português para o francês e Michael Kegler, que já traduziu grandes livros brasileiros, como Eles Eram Muitos Cavalos e Diário da Queda, para o alemão.

Na mesa seguinte, os editores Paula Salnot (França), Giorgio De Marchis (Itália), e John O’Brien (EUA), falaram sobre suas estratégias para encontrar leitores e difundir a literatura brasileira contemporânea em seus países.

Em breve daremos uma cobertura mais detalhada sobre as discussões. Por enquanto confira algumas fotos:

 

Michael Kegler por Ivson Miranda

 

 

Julia Tomasini por Ivson Miranda

 

 

Giorgio de Marchis por Ivson Miranda

 

François Weigel por Ivson Miranda

 

Paula Salnot Anacaona por Ivson Miranda

 

Teremos ainda mesas amanhã e no sábado, além do lançamento do livro A Primeira Aula. Confira, venha!

 

21/11 (sexta-feira)
10:00 às 11:00
Mesa 3 | Literatura Brasileira no Exterior
Reconstruir a presença da literatura brasileira no exterior, através do diálogo entre esferas
diversas: o pesquisador-tradutor, o jornalista e o agente literário, elos indispensáveis na
determinação do êxito ou do insucesso do autor brasileiro no exterior.
– Carmen Villariño Pardo
– Hilary Kaplan
– Isabel Coutinho
– Jordi Roca
Mediação: Claudiney Ferreira
21/11 (sexta-feira)
11:30 às 12:30
Mesa 4 | Recepção da Literatura Brasileira
Como o escritor brasileiro costuma ser recebido no exterior? Espera-se de sua obra a reprodução
de clichês sobre o “Brasil brasileiro”? Como dialogar com as expectativas alheias e, ainda assim,
preservar a identidade própria? Nessa mesa, reuniremos representantes de várias gerações de
autores brasileiros, a fim de promover um encontro inédito.
– Beatriz Bracher
– Cristovão Tezza
– Luiz Ruffato
Mediação: João Cezar de Castro Rocha

 

21/11 (sexta-feira)
19:00 às 20:00
Mesa 5 | A Primeira Aula
Como entender os impasses e as promessas implícitas no primeiro encontro de um público
estrangeiro com a literatura brasileira? Desta vez, o dilema do “mercado” é compreendido a partir
do ponto de vista específico da sala de aula. Como seduzir um público pouco ou nada familiarizado
com a cultura brasileira?
– Charles Perrone
– Marília Librandi Rocha
– Pedro Meira Monteiro
– Roberto Vecchi
Mediação: Claudiney Ferreira
22/11 (sábado)
11:00 às 12:00

Mesa 6 | Impasses e Promessas

Uma recente polêmica discutiu os impasses e as promessas associadas com a expansão atual da
literatura brasileira no exterior. Concluiremos o encontro deste ano do “Conexões – Itaú Cultural”
retomando o debate, a fim de avaliar a circunstância contemporânea.
– Flávia Lins e Silva
– João Paulo Cuenca
– Jobst Welge
Mediação: Rita Palmeira

 

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.