Livro da americana Darlene Sadlier sobre Nelson Pereira dos Santos é lançado no Brasil
em 01/11/2012

O livro “Nelson Pereira dos Santos”, da pesquisadora norte-americana Darlene J. Sadlier, lançado em 2003 nos EUA, ganha versão expandida e revisada no Brasil, com tradução de Cid Vasconcelos e lançado pela Papirus Editora. O cineasta é o único na profissão a integrar os quadros da Academia Brasileira de Letras.

“No livro, procurei obter uma visão cronológica ampla dos filmes de Nelson Pereira dos Santos e uma compreensão de como seu trabalho tem evoluído e sido um fruto de várias influências históricas, políticas e culturais. Ainda que tenha comentado cada longa-metragem, dei maior atenção a alguns do que a outros”, conta a autora.

“O leitor perceberá, por exemplo, que devotei uma análise mais detida sobre Vidas secas (1963) e Como era gostoso meu francês (1972), que me parecem especialmente proveitosos para uma discussão mais aprofundada. Enfatizo, entretanto, que o trabalho de Nelson Pereira é rico e complexo, e espero que a minha introdução de sua carreira incentive futuros estudos sobre os filmes que não foram abordados em detalhe”, completa.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.