Roberto Vecchi e a literatura brasileira na Itália
em 18/08/2010

Confira neste post a entrevista feita por Conexões com o pesquisador italiano Roberto Vecchi. Na primeira parte do vídeo, Vecchi se apresenta e analisa o trabalho de pesquisador de literatura brasileira no exterior, especificando seus instrumentos, escolhas e caminhos.

No vídeo abaixo, Vecchi fala sobre as dificuldades de se fazer pesquisa de literatura brasileira no exterior, especialmente em um contexto permeado de limitações orçamentárias, como é o caso do sistema de pesquisa na Itália, que enfrenta uma grave crise.

A conversa do próximo vídeo gira em torno do debate importante sobre literatura brasileira que se estabeleceu na Itália a partir dos trabalhos de alguns mediadores, como os críticos Antonio Candido e Silviano Santiago.

Neste trecho da entrevista o pesquisador fala sobre o horizonte de recepção, as dificuldades de divulgação e a difusão da obra literária brasileira na Itália, dos clássicos aos autores contemporâneos.

Segundo o pesquisador, o livro na Itália, e na Europa de uma maneira geral, ainda é visto como um objeto “museificado”, um suporte “sagrado” que não se presta a debates amplos, diálogos e conexões como ocorre no Brasil.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.