FILME BASEADO EM ROMANCE DE MARTHA BATALHA CONCORRE A PRÊMIO EM FRANKFURT
em 30/09/2019

O filme A Vida Invisível, dirigido por Karin Aïnous e premiado na mostra Um Certain Regard, no último festival de Cannes, é um dos concorrentes finalistas ao prêmio de Melhor Adaptação Literária Internacional, promovido pela Feira do Livro de Frankfurt. O filme é baseado no romance A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, de Martha Batalha, publicado no Brasil pela Companhia das Letras, já com várias traduções. A produção também foi escolhida para representar o Brasil na disputa por uma vaga no Oscar de Melhor Filme Internacional.


Desde 2004, a programação da Feira do Livro de Frankfurt promove evento em torno da integração filme e literatura. O Focus: Film, com o lema geral de O livro é um filme, um jogo e inclui uma ampla programação que abrange, além dos filmes, livros que dão origem a jogos. Os filmes considerados são baseados em romances e livros para jovens e crianças, livros ilustrados sobre as adaptações literárias de filmes e um dia dedicado a Film Networking, em 18 de outubro. No dia 19 serão entregues os prêmios. 


A mais recente categoria, a de Melhor Livro Ilustrado sobre Filme, foi instituída em parceria com o Motovonun Group of International Publishers (MGIP), associação dedicada à promoção de livros relacionados com cinema, para “reconhecer um conceito original de livro que prestigie design excepcional e produção de qualidade, e a estimulante adaptação na forma de livro de um assunto relacionado ao cinema”.



O júri da premiação é encabeçado por Jurgen Boos, presidente da Feira de Frankfurt e tem a presença de Frederic Boyer, diretor do Tribeca Film Festival e do Les Arcs European Film Festival; Ellen M. Harrington, Diretor do Instituto do Filme e Museu do Filme da Alemanha, Rajendra Roy, curador de filmes do MOMA de Nova York, e outras personalidades da crítica cinematográfica.


A Vida Invisível de Eurídice Gusmão já tem uma carreira internacional que certamente se tornará ainda mais extensa depois da premiação em Cannes. O romance tem edições em Portugal, Itália, Holanda, Alemanha, França, Noruega, Catalunha e Espanha, além do Reino Unido, e direitos já vendidos para vários outros países. A autora é representada pela agência Villas-Boas&Moss. Martha Batalha nasceu no Recife, trabalhou no mercado editorial e atualmente vive na Califórnia com o marido e dois filhos. Este é seu primeiro romance.

por Felipe Lindoso

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.