Hatoum, Maia e Lísias no primeiro dia do Encontro Internacional Conexões
em 18/11/2015

Escritores contemporâneos brasileiros encontram estudiosos e tradutores de suas obras, convidados nacionais e internacionais, em O olhar do outro: a recepção da literatura brasileira, a 8ª edição do Encontro Internacional Conexões Itaú Cultural. Começa nesta quinta, 19 de novembro.

 

O evento é resultado do projeto de mesmo nome, um mapeamento da literatura brasileira no exterior que o instituto realiza com consultoria do jornalista e antropólogo Felipe Lindoso e do professor de literatura comparada da Uerj João Cezar de Castro Rocha (também curadores do encontro).

 

O primeiro dia abriga três debates, na sede do instituto, em São Paulo, com entrada franca:

 

O escritor Milton Hatoum abre o evento, às 15h, ao lado da mexicana Consuelo Rodríguez Muñoz e do prof. Castro Rocha, com mediação de Lindoso. Autor dos premiados Relato de um Certo Oriente, Dois Irmãos e Cinzas do Norte, entre outros títulos, Hatoum é traduzido para diversos países, sendo o segundo escritor vivo mais citado pelos pesquisadores no mapeamento do Conexões, além de ter obras sendo adaptadas para cinema, televisão, quadrinhos e teatro. Muñoz pesquisa literatura brasileira contemporânea, em especial a obra de Hatoum e de Raduan Nassar, é professora e pesquisadora da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM), além de tradutora.

A seguir, trecho de um depoimento anteriormente gravado com o autor para o Conexões.



A segunda mesa, às 17h15, traz a escritora Ana Paula Maia e os professores Anélia Montechiari Pietrani e Gonzalo Aguilar, com mediação da pesquisadora do Conexões Fernanda Guimarães. O argentino Aguilar é crítico e professor titular de literatura brasileira e portuguesa na Universidade de Buenos Aires, autor de Poesia Concreta Brasileira: as Vanguardas na Encruzilhada Modernista (2005) e também tradutor para o espanhol, com Florencia Garramuño, de Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa. Pietrani é professora de literatura brasileira da Universidade Federal do Rio de Janeiro e autora de artigos exatamente sobre Ana Paula Maia, que por sua vez  publicou De Gados e Homens e A Guerra dos Bastardos, entre outros livros e contos e antologias (no Brasil e exterior) e tem textos traduzidos e lançados na Sérvia, na Alemanha, na Argentina e na França.



Ana Paula Maia (foto Marcelo Correa)



O primeiro dia encerra com o encontro do autor Ricardo Lísias com a tradutora alemã Petra Bös  e o professor dinamarquês radicado no Rio de Janeiro Karl Erik Schøllhamer, mediado pela pesquisadora do Conexões Rita Palmeira, às 19h30. Lísias é autor de O livro dos mandarins, Divórcio e da série de ebooks Delegado Tobias, entre outros. Foi selecionado para a edição especial da revista Granta com os 20 melhores jovens escritores brasileiros e teve trabalhos traduzido para Argentina, Itália e Espanha. Bös é autora de Brasilianische Literatur in deutscher Sprache e está traduzindo Divórcio para o alemão. Schøllhammer é professor do departamento de Letras da PUC-Rio, tradutor e doutor em semiótica e literatura latino-americana pela Aarhus Universitet, da Dinamarca, e, em seu livro Cena do crime: violência e realismo no Brasil contemporâneo discute a obra de Lísias.



Ricardo Lísias (foto Fernanda Fiamoncini)




 

Serviço:

 

O Olhar do Outro: a Recepção da Literatura Brasileira

8º Encontro Internacional Conexões Itaú Cultural

Local: Itaú Cultural – av. Paulista, nº 149 – Sala Vermelha (piso 3) – 70 lugares

 

quinta 19 de novembro de 2015

mesas às 15h, às 17h15 e às 19h30

 

sexta 20 de novembro de 2015

mesas às 15h e às 17h15

 

Gratuito – ingressos distribuídos, para todas as mesas do dia, a partir das 14h30


Saiba mais sobre o  8ª edição, o Encontro Internacional Conexões Itaú Cultural – O olhar do outro: a recepção da literatura brasileira.


Confira todas as edições do encontro.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.