Itaú Cultural divulga lista de selecionados do Rumos Literatura 2010-2011
em 27/10/2010

O Rumos Literatura do Itaú Cultural, programa de incentivo à produção crítica acerca da literatura e crítica literária brasileira contemporânea, acaba de anunciar a lista dos selecionados de sua edição 2010-2011. Foram 14 contemplados, de um total de 535 inscritos.

O programa possui duas carteiras: Produção Literária e Crítica Literária. A primeira delas recebeu um total de 448 inscrições, que resultaram em nove selecionados. A segunda teve 87 inscritos, dos quais cinco foram selecionados.

A novidade desta edição do Rumos Literatura foi a abertura para a participação de pesquisadores estrangeiros. Do total de selecionados, dois foram contemplados nessa categoria, de 20 inscritos. A decisão por incorporar estudos sobre literatura brasileira produzidos no exterior é consequência do trabalho do Conexões, o que abre um canal de diálogo entre os dois projetos do Itaú Cultural.

Ambos os pesquisadores estrangeiros foram selecionados na carteira Produção Literária. A primeira é a argentina Julieta Yelin, da província de Santa Fé. Doutora em Humanidades pela Universidad Nacional de Rosario, possui diploma de Estudios Avanzados (DEA) en Teoría y Literatura Comparada pela Universidad de Barcelona. Foi bolsista do Instituto Iberoamericano de Berlin e intercambista na PUC-Rio. Yelin atualmente realiza pesquisa de pós-doutorado e leciona na Faculdade de Humanidades e Artes da Universidad Nacional de Rosario.

A pesquisadora foi selecionada com o projeto “A crise do imaginário animal na narrativa de Wilson Bueno”. O projeto se dedica à “emergência de novos imaginários de animais na literatura latino-americana do segundo pós-guerra”, conforme explica. Retomando uma linha que vai desde as considerações sobre o animal de René Descartes até o Holocausto, ou seja, “da primeira reificação filosófica do animal até a mais feroz experiência contemporânea de reificação humana”, o projeto propõe estudar, a partir daí, a obra de Wilson Bueno — um escritor “cujas fabulações sobre o animal e cujo trabalho vanguardista sobre a linguagem como puro devir têm respondido às manifestações culturais geradas pela crise do imaginário animal”.

A segunda selecionada estrangeira é a americana Hilary Kaplan, de Nova Iorque. Kaplan é tradutora e doutoranda em Literatura Comparada pela Brown University, em Providence/Rodhe Island. Formada em Literatura Comparada pela Yale University, cursou MFA de Poesia na San Francisco State University e publicou traduções em inglês da poeta brasileira Angélica Freitas.

Seu projeto se intitula “Obra Sonora Poética 1980-2010”, e considera as relações da poesia brasileira contemporânea com o som em três acepções: “o som como metáfora, a poesia sonora, e a tonalidade”, conforme explica. Para cada aspecto, respectivamente, o trabalho se debruça sobre a obra do poeta maranhense Ferreira Gullar, os “textos-performances” do mineiro Ricardo Aleixo e o livro 20 poemas para o seu walkman, da poeta carioca Marília Garcia. A pesquisa propõe que a atenção ao som e à oralidade tem “renovado a poética brasileira e a tem localizado no centro da conversa poética global”.

Para desenvolver os projetos aprovados, os selecionados participam do Laboratório On-Line de Literatura e Crítica, de março a outubro de 2011, com orientação e acompanhamento de um profissional da área. Os trabalhos finais resultarão na publicação Protocolos Críticos 2 (o volume 1, lançado em 2008, reúne textos da edição anterior do programa).

A comissão de seleção do Rumos Literatura foi composta por Antonio Carlos Viana (escritor), Beatriz Resende (professora da UFRJ e coordenadora do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ), Fábio de Souza Andrade (escritor, crítico e professor da USP), Maria Esther Maciel (escritora e professora da UFMG), Marisa Lajolo (escritora e professora), e por Regina Dalcastagnè (professora da UnB e editora da revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea). A comissão foi presidida pelo jornalista Claudiney Ferreira, gestor do Núcleo Diálogos (jornalismo cultural e literatura) do Itaú Cultural.

Além do Rumos Literatura, o Rumos Itaú Cultural lançou outros três editais em 2010, de Gestão Cultural, Música e Dança. Notícias sobre os resultados e a lista completa dos selecionados do Rumos Literatura podem ser obtidas no site do Itaú Cultural.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.