Le sorcier de Rio: Machado de Assis em eventos na França
em 24/02/2015

Université Blaise-Pascal realiza em março duas ações do projeto Machado de Assis – le sorcier de Rio, como parte da programação oficial do Salão do Livro de Paris (que neste ano homenageia o Brasil). 

O projeto é dirigido por Saulo Neiva, professor de Literatura Portuguesa e Brasileira e que faz parte do Centre de Recherches sur les Littératures et la Sociopoétique (CELIS EA1002), na universidade. Busca apresentar aos franceses – pela primeira vez ou de novas formas – a obra do autor brasileiro mais lido no exterior.  Inclui debates, uma exposição itinerante, um dossiê pedagógico e edições, atividades realizadas com a colaboração de instituições como a Academia Brasileira de Letras, Unesco, Maison de l’Amérique Latine, Ville de Clermont-Ferrand,  Conseil général du Puy-de-Dôme, Bibliothèque Nationale de France (BNF), a comissão brasileira da exposição do Brasil no Salon du Livre de Paris, as edições Chandeigne e  MétailiéVidéoformes, e SNCF.


O professor João Cezar de Castro Rocha, consultor do Conexões Itaú Cultural, é um dos convidados. Segue a programação:

16 de março (segunda)
Maison de l’Amérique Latine – 217 Boulevard Saint-Germain, 75007 Paris

18h30-19h30 – mesa: Lire Machado de Assis aujourd’hui
Domicio Proença Filho (Academia Brasileira de Letras, ABL), Anne-Marie Métailié (Éditions Métailié), Saulo Neiva (Université Blaise-Pascal, Clermont II) / João Cezar de Castro Rocha (Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Conexões Itaú Cultural) – mediação: Guiomar de Grammont, comissária geral da homenagem do Brasil no Salão do Livro de Paris

19h45-20h15 – Apresentação, por Geraldo Holanda Cavalcanti (presidente da ABL), da edição bilíngue das três Anthologies ABL – poésie, fiction, essais, organizadas por Domicio Proença Filho, Rosiska Darcy de Oliveira e Marco Lucchesi

20h15-20h45 – Leitura de textos por Teca Calazans
20h45 – Coquetel


18 de março (quarta)
Unesco, sala Miró – 7 Place de Fontenoy 75007 Paris
18h
Abertura da exposição “Machado de Assis, le sorcier de Rio”, por Eliana Zugaib (embaixadora do Brasil na Unesco), Geraldo Holanda Cavalcanti (presidente da ABL), Saulo Neiva (curador).
Villa Lobos, concerto de abertura do octeto de cordas de Frédéric Lubiato
Coquetel

Leia mais sobre o projeto Machado de Assis – le sorcier de Rio.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.