Conexões: mapeamento chega a 100 autores
em 27/09/2009

O projeto Conexões – Mapeamento Internacional da Literatura Brasileira alcançou a marca dos cem mapeados, entre pesquisadores, professores e tradutores.

Os questionários respondidos são tabulados em um banco de dados com as informações sobre os mapeados, autores citados, dicionários usados. Também trazem informações sobre as dificuldades apresentadas pelo uso do português na percepção e apreensão da literatura brasileira no exterior, os temas de pesquisas e de interesse dos mapeados.

Além dos dados tabulados, a versão integral de cada questionário também é armazenada, de modo que se possa analisar o conjunto das observações contidas.

O projeto Conexões – Mapeamento Internacional da Literatura Brasileira tem caráter permanente e continua recebendo respostas e contribuições de pesquisadores e tradutores da literatura brasileira em todos os continentes.

Os últimos mapeados são os seguintes:

Elizabeth Jackson – professora, pesquisadora e tradutora – Wesleyan University – USA.

Stefan Tobler – Tradutor – Brasil/Inglaterra. webpage: www.stefantobler.net e o blog readingonthebalcony.blogspot.com

Regina Igel – Professora, pesquisadora e tradutora – University of Maryland.

Lorraine Leu – Professora e pesquisadora – Trinidad & Tobago/Inglaterra.

Luís Madureira – Professor e pesquisador – Moçambique/USA.

João Almino – Escritor e tradutor – Brasil/USA. – webpage: joaoalmino.com

Safa A. A-C Jubran – Professora e Tradutora – Líbano/Brasil

Regina Aída Crespo – Tradutora -professora e pesquisadora do Centro de Investigaciones sobre América Latina y el Caribe (CIALC) da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM). Brasil/México.

Alfredo Cesar Barbosa de Melo – Professor e pesquisador – University of Chicago – webpage: http://rll.uchicago.edu/facultystaff/melo.shtml

Luiz Fernando Valente – Professor e pesquisador – Brown University – USA – webpage: http://research.brown.edu/myresearch/Luiz_Fernando_Valente

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.