Prêmio literário lusófono é correalizado pelo Itaú Cultural
em 29/05/2015

Uma boa notícia para o mercado literário: o Itaú Cultural passa a ser correalizador do prêmio anteriormente denominado PortugalTelecom. A curadoria será mantida, coordenada por Selma Caetano. O novo nome, regulamento e inscrições serão divulgados nos próximos dias. Leia reportagem publicada hoje sobre o prêmio no jornal Valor Econômico.


A credibilidade e estrutura dos 13 anos da premiação se unem à experiência do instituto na área de Literatura que, inclusive, tem tratado de lusofonia por meio do programa Conexões Itaú Cultural, que mapeia, analisa e repercute a presença de autores, pesquisadores e tradutores da literatura brasileira no exterior.



Os conceitos de rede e colaboração, trabalhados pelo programa, são destacados por Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural, como fundamentais para garantir a perenidade e o legado da iniciativa: “Queremos dar ênfase ao processo. A premiação é o ponto alto, qualifica e pauta a grande mídia, mas o importante é alimentar as redes que debatem e trocam experiências e também oferecer à sociedade subprodutos do prêmio, como livros e vídeos a serem distribuídos, mobilizando leitores”.


Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.