Prêmio para livros traduzidos nos EUA – Editoras Independentes na frente, sem brasileiros
em 29/03/2011

O índice de livros traduzidos e publicados nos Estados Unidos é reconhecidamente baixo. Estima-se que não mais de 3% de todos os títulos sejam traduções.
Essa constatação já gerou polêmicas, como a declaração de que a literatura americana é provinciana e não acompanha as tendências da literatura mundial, feita pelo representante da Academia Sueca – que outorga o Nobel – há alguns anos.
Chad Post é um batalhador do aumento do número de traduções publicadas nos Estados Unidos. Com esse objetivo organizou o Best Translated Book Awards que, como indica o nome, premia traduções originais publicadas nos EUA, em duas categorias: poesia e ficção.
Na edição deste ano constata-se na lista dos finalistas
que as grandes editoras americanas efetivamente não investiram em traduções de qualidade, em nenhuma das duas áreas da premiação. Também, infelizmente, não consta da lista a tradução de nenhum autor brasileiro. Esperemos que, no próximo ano, a literatura brasileira esteja melhor representada no concurso.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.