REBRAC: rede de brasilianistas será lançada em Londres
em 21/09/2015

A conferência internacional Remapping Brazilian Cultural Studies, que será realizada na próxima sexta, 25 de setembro, na University of London, vai marcar também o lançamento da REBRAC (Rede Europeia de Brasilianistas de Análise Cultural).


Quem nos traz a notícia é a professora mapeada do programa Conexões Itaú Cultural Sara Brandellero, da Universidade de Leiden (Holanda), uma das organizadoras da ação.


O objetivo da rede será oferecer um espaço de encontro para professores/pesquisadores que atuam na área de análise cultural brasileira, bem como para alunos de pós-graduação que trabalham nesta área. Serão compartilhadas informações sobre a cultura brasileira e atividades acadêmicas em território europeu, brasileiro e em outros locais, possibilitando e fortalecendo contatos e colaboração entre brasilianistas na Europa.


A coordenação do grupo destaca que ele atende ao crescente interesse da comunidade internacional em relação ao Brasil. Tanto no âmbito das relações internacionais, como em termos de investimento nas indústrias culturais, o interesse que está atraindo graças à organização de megaeventos (Rio+20, Copa do Mundo e Olimpíadas), a riqueza e volume da sua produção cultural, bem como do número de pesquisadores europeus dedicados aos estudos culturais brasileiros.


Apesar disso, consideram que o Brasil muitas vezes se vê omitido de discussões sobre cultura latino-americana, ou então incluído de forma que nem sempre faz jus às suas especificidades culturais. A rede buscará a mudança desse status, colocando em contato brasilianistas de diversas origens e especializações, tais como antropologia, história da arte, música etc.


Além da própria Sara Brandellero, estão confirmados como oradores da conferência:

Antônio Márcio da Silva, Kent

Aquiles Alencar Brayner, British Library

Carmen Villarino Pardo, Santiago de Compostela

Cesar Jimenez, LSE

David Treece, do Kings College London

Lúcia Sá, Manchester

Stephanie Dennison, Leeds

Thea Pitman, Leeds

Tori Holmes, Queen’s University Belfast

Vinicius de Carvalho, do Kings College London


Com apresentações tanto em inglês como português, o evento em Londres será o primeiro de uma série de ações, que poderá ainda incluir a organização de mesas focando a análise cultural em congressos de organizações afins – tais como ABIL (Association of British and Irish Lusitanists), AIL (Associação Internacional de Lusitanistas), BRASA (Brazilian Studies Association), SLAS (Society for Latin American Studies), LASA (Latin American Studies Association) e PILAS (Postgraduates in Latin American Studies).

 

Conferência Internacional: Remapping Brazilian Cultural Studies


25 de setembro de 2015 (sexta)
Court Room, Senate House, University of London
Malet Street, Londres WC1E 7HU


Organização: Sara Brandellero, Universidade de Leiden; Stephanie Dennison, Universidade de Leeds; Tori Holmes, Queen’s University de Belfast.


Confira a programação completa da conferência neste link.


Visite também os canais online da REBRAC:

Blog

Facebook

Twitter


Acesse também o banco de dados do programa Conexões Itaú Cultural, que mapeia pesquisadores e professores da literatura brasileira no exterior.

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.