Ensaios Biográficos – Estrangeiros Videografam Autores Brasileiros
em 07/04/2014

Papeles Sueltos é um blog que desenvolve uma rede de informações sobre a literatura brasileira contemporânea traduzida para o espanhol.

O projeto é parte do doutorado em Letras de Julia Tomasini, realizado na Universidade de Maryland. A pesquisadora e tradutora argentina tem por objetivo aproximar a literatura brasileira do público de língua espanhola pra quem é muitas vezes quase inexistente, pelas distâncias culturais que a geografia nem sempre suprime. Por isso iniciativas como a desse blog são essenciais para aproximar culturas e literaturas que, se olhadas de perto, se intersectam em n esferas.

A página disponibiliza traduções de textos de João Paulo CuencaAndré de LeonesCarola SaavedraLuiz Ruffato, entre muitos outros, informações sobre os autores, suas obras, lançamentos etc, e uma lista com todos os títulos que foram traduzidos desde o ano 2000. Além desse conteúdo, o blog também vem veiculando documentários sobre autores brasileiros contemporâneos, produzidos dentro do projeto. No site já se pode assistir ao filme sobre Adriana Lisboa, feito em 2012, e sobre Carola Saavedra, realizado em 2013.

Os filmes têm direção do também argentino residente em Maryland Montes Bradley, que já vinha desenvolvendo documentários sobre escritores e pintores argentinos, e se interessava por literatura brasileira. Segundo Júlia, a proposta consistia em uma abordagem não jornalística dos autores: “senão que trabalhamos em literatura e cinema pensamos desde o começo em uma abordagem da literatura brasileira e seus autores a partir de um olhar artístico e não jornalístico. E isso justamente era o que percebíamos que estava faltando”.

Os dois primeiros vídeos já lançados retratam duas escritoras expatriadas. Adriana é brasileira radicada no Colorado (EUA) e Carola é nascida em Santiago (Chile) e criada no Brasil, tendo vivido em Berlim por muitos anos. “Como estrangeiros, estávamos interessados em uma aproximação do Brasil partindo do exterior para o interior. Por isso achamos interessante começar com escritores que tivessem um olhar de fora, uma sensibilidade especial sobre sua cultura vista desde o estrangeiro. Estávamos procurando uma forma particular de entrar à literatura brasileira, fora dos estereótipos culturais (as referências naturais, os diversos clichês culturais sobre o Brasil, etc.) e mais perto da complexidade da vida dos escritores e sua literatura, em conexão com outras culturas e outros olhares, como é toda literatura.”

 Sobre o processo de feitura de cada documentário, que leva aproximadamente seis meses de realização para produtos de 25 a 30 minutos, “são “ensaios biográficos” (biographical sketches) que resultam de um diálogo com o escritor. Não são feitas perguntas, porque o objetivo do trabalho não é obter respostas sobre temas específicos, mas captar a paisagem da personalidade e as circunstâncias do escritor.”

 Assista aos documentários:

 Adriana Lisboa

Carola Saavedra 

Sobre o documentário Lisboa

Entrevista com o diretor

Os próximos “ensaios biográficos” serão de Ronaldo Correia de Brito (em fase de pós-produção, veja o teaser), Milton Hatoum, Luiz Ruffato e José Luiz Passos. A finalização desses documentários depende dos recursos que o projeto conseguir.

 

A editora do blog, Julia Tomasini, é formada em Letras pela Universidade de Buenos Aires, com especialização em literatura argentina e latino-americana. Atualmente faz doutorado na Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, na área de literatura latinoamericana e tradução. É tradutora independente e ultimamente está trabalhando em uma antologia de literatura contemporânea brasileira. Participou da edição Número 01 da Revista Machado de Assis , com traduções de Carola Saavedra e André de Leones, da Número 02, com tradução de Antonio Xerxenesky e da Número 04, traduzindo o romance Imóbile, de Javier Arancibia Contreras.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.