Escrita afro-brasileira é destaque na revista Words Without Borders
em 20/12/2018

A mais recente edição da revista Words Without Borders, Another Country: Afro-Brazilian Writing destaca o papel fundamental, mas historicamente negligenciado, dos escritores negros na literatura brasileira. A publicação apresenta seis autores afro-brasileiros que exploram questões de identidade, desigualdade e resistência


Franciane Conceição Silva oferece um panorama da escrita afro-brasileira desde o início, enquanto Felipe Botelho Correa apresenta aos leitores Afonso Henriques de Lima Barreto, uma figura central cuja história “Cabelo Preto e Dentes Azuis” aparece aqui em inglês pela primeira vez.


Cristiane Sobral emite um tom de desafio e determinação em poemas traduzidos por John Keene, co-redator da revista MacArthur, e o poeta e finalista do Prêmio Oceanos, Ricardo Aleixo, homenageia treze jovens mortos pela polícia em Salvador, Bahia, em 2015. Em três obras de micro-ficção, Jean Wyllys leva os leitores ao bairro de Aflitos, em Salvador.


Leia na íntegra Words Without Borders, Another Country: Afro-Brazilian Writing.

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.