Giovanni Ricciardi lança obra sobre livros produzidos durante e após a ditadura militar
em 05/10/2018

 

 

O professor da Universidade de Bolonha Giovanni Ricciardi, autor de Biografia e Criação Literária Auto-retratos, acaba de lançar UTOPIA, RESISTÊNCIA, PERDA DO CENTRO: a literatura brasileira de 1960 a 1990, uma leitura sociológica com entrevistas feitas durante os anos 80 e 90, com foco na produção literária ao longo de trinta anos.

 

A obra reúne análise crítica, seleção de textos e entrevistas com escritores brasileiros cuja produção ocorreu pouco antes, durante e logo depois do regime militar.

 

Ricciardi fala de autores que tiveram participação na resistência à repressão como Ferreira Gullar e Erico Veríssimo. Além de escritores que tiveram problema com censura como Rubem Fonseca. Entre as obras em destaque estão três romances: Hotel Atlântico, de João Gilberto Noll, Um táxi para Viena d’Áustria, de , de Antônio Torres, e Estorvo, Chico Buarque.

 

Receba um capítulo do livro por e-mail

 

Deixe um comentário

*Campos obrigatórios. Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.